segunda-feira, 26 de abril de 2010

Uganda, um exemplo de retrocesso!

Vi uma reportagem no Fantástico de 25/04/10 sobre um projeto de Lei que, se aprovado em Uganda, vai tornar crime com pena de prisão perpétua, quem se declarar homossexual. Sim, o fato de uma pessoa existir de um jeito, a torna culpada como se ela tivesse feito um grande mal a alguém.

Eu simplesmente fiquei enojada ao saber que na África a homossexualidade é tratada de uma maneira tão desumana. A falta de informação e a intolerância faz com que a homossexualidade já seja crime em mais de 30 países do continente africano. É de chocar qualquer pessoa que seja homossexual, ou que seja solidário à causa. É de revoltar quem seja favorável à luta pela não discriminação, pela diminuição do preconceito!

Parabéns para o único país desse continente que demonstra ter um povo esclarecido. Na África do Sul o casamento entre homossexuais é permitido por lei.

Para aqueles que, como eu, se chocam com isso, vale à pena dar uma conferida na reportagem. Aí vai o vídeo:

11 comentários:

Ju disse...

Eu vi isso também. Acho absurdo. E ao mesmo tempo complicado, porque o argumento deles é muito forte.

Eles são contra o homossexualismo por causa da cultura e religião deles. Ou seja... questionável. Para eles é certo. No caso, teria-se que lutar para mudar a cultura do país e os dogmas religiosos também. Enfim...

bjos

Tiago M. disse...

Vou te apoiar, o problema é como existe populações cruas e com pouca evolução que não permitem liberdade de cada um ser o que é!!! mas pensa... se em paises tão pobres a situação esta assim, aqui sendo um pais mais desenvolvido ... a coisa não ta tão boa neh!!! rsrsrs

Robson Schneider disse...

Isso teve o mesmo efeito pra mim que a absurda fala do cardeal secretário do Estado do Vaticano,dizendo que existe um vínculo a ligar homossexualismo e pedofilia”.
tsc tsc... onde iremos parar? fogueiras publicas, apedrejamentos?

Bjo Dama querida

Accácia disse...

Acho todo tipo de preconceito nojento!
Pra mim é assim:se vc tem preconceito esconda ele da mesma forma que esconde o palitar de dentes!Dentro do banheiro e de luz apagada!
O fim do mundo,estar no século XXI e ainda encontrar seres humanos que pertencem ao século XI!
Pronto.Falei!
Beijo!

Jean Valjean disse...

Minha primeira pergunta é: por que as pessoas 'tomam conta' com tanta insistência, com tanta intolerância, com tanta ira, da sexualidade alheia? Não dá para deixar cada um ser o que é? Todos os gays que conheci (homens ou mulheres) nasceram gays, ou seja: por alguma razão, têm corpo de mulher e alma de homem, ou vice-versa. Como a nossa realidade é alma, e não corpo, estavam num corpo errado. Erro da natureza? Questão reencarnatória? Não sei.
É de uma falta de sensibilidade - vamos acurar a frase: é uma burrice tão grande, uma visão tão tacanha - conversar com uma pessoa achando que ela é o corpo! O que é o corpo? Uma vez eu tive um aluno de 2,05 m de altura, ombros largos, um rosto de homem muito pronunciado, e que me dizia: Jean, eu não sou homem. E de fato ele não era. Só que enfrentava uma punição terrível, como se fosse um castigo de deus. Nem cirurgia ele podia fazer para tornar-se o que de fato sabia ser: mulher.
Ô, mundinho besta, mundo das formas, mundo dos preconceitos ruins, mundo hipócrita... como se o sexo da pessoa pudesse fazê-la melhor ou pior. Não se pode ser o que se é, e o que se é está impresso o espírito, jamais no corpo.
Quanto à leizinha, nem comento. Sou francamente favorável ao casamento de quem quer que seja com quem quer que seja, pois a não-permissão tem gerado uns golpes econômicos gravíssimos. Imagine a família que tem um filho dito 'gay', e esse filho gay tem um companheiro. Aí eles vivem juntos 35 anos, o filho gay daquela família morre e o seu companheiro, único a cuidar dele a vida todinha, não recebe um tostão. E a família, que sempre teve 'nojo' do agora falecido, vai lá e pega o dinheiro todo para ela, já que do dinheiro não tem nojo.
Ô, injustiças desgraçadas, viu? Não gosto nem de falar.

lpzinho disse...

Já havia lido sobre isso e a matéria na TV mostra o quanto de imbecilidade está contida no ser humano, notadamente naquele que tem menos escrúpulos, menos sensibilidade e maior grau de ignorância. Aliás, não sei qual é o grau de instrução do nobre parlamentar(pra lamentar) que criou o texto da lei absurda, mas com certeza estudando muito, pouco ou nada.. nada o tirou ou tirará da ignorância da alma. E no atraso que aquele País se encontra, juntamente com quase tds os outros do continente, não é de de estranhar que a grande maioria da população pense de modo semelhante e neste mesmo nível de ignorância.
Me faz lembrar dos torcedores de futebol organizados do Brasil e de tantos intolerantes que temos pelo mundo.. só que neste caso... são Nações inteiras na mais burra maneira de ver o seu irmão.
Não há mto o que dizer, diante do nojo, da espécie e da indignação que este tipo de notícia causa!
E o perigo não está apenas lá... vc viu o caso da jornaleco de uma turma de faculdade que pregava a mesma coisa? Hj são os homossexuais, amanhã serão as religiões, a cor da pele... tá feia a coisa #2012feelings

Ah Dama.. eu te amo tanto amiga maior!

Atitude: substantivo feminino. disse...

Pois é..eu vi a chamada mas n"ao assisti o programa...vou tentar ver em casa o vídeo que aqui onde estou no roda. De qualquer forma vi os comentários e também, assim como a Ju acredito que seja um problema cultural e aí é foda...vc ter que enfiar na cabeça das pessoas algo que não faz parte da realidade deles. Não sei como a ONU se comporta neste tipo de coisa nem se ela se mete nisso, mas esse é só um exemplo de muita coisa que tem por aí precisando de repercussão.

SAL disse...

revoltante messssssssmo!!!!

a galera deveria ta com preconceito com a miséria, com a guerra, com a violencia, com a falta de gentileza, com a pouca civilidade... mas não!

q religião é essa tão hipocrita que se preocupa com quem ta se relacionando com quem, e não tá nem aí com as verdadeiras carencias desse mundão?!

morro torta, e não entendo!

bjo

Celamar Maione disse...

Assisti a matéria agora e me deu até falta de ar. Coisa forte, não ?
O preconceito é tão grande que chega a ser surreal !
Atraso. Intolerância. Hipocrisia. Moralismo jurássico. Desumanidade. E o tal deputado ainda fala que o HIV é culpa dos homossexuais. Quanta falta de informação...
Quanto atraso espiritual....!!! E eu ainda reclamo do Brasil. Cruzes !!


Diante do comentário do Jean ( risos), preciso dizer mais alguma coisa ?

Beijos, Dama !

Monica™ disse...

Eu vi essa reportagem ... degradante !!!

Laly Ribeiro disse...

Eu vi essa reportagem no Fantástico!!É uma controversia, um país com tanta miséria, pobreza, doenças.. e "o governo" se preocupando com o homossexualismo?! podendo se preocupar com a AIDS que assombra o continente Africano, em assistir a popular na doença mas não!! Kd a evolução?