sábado, 11 de junho de 2011

O homem que era mais não foi...


Incrível como que na minha vida passaram homens que me pareceram tão interessantes, tão tudo a ver, tão tão. Mas chegaram na hora errada, do jeito errado, de uma forma como nunca nada poderia acontecer.

Isso me dá tristeza porque tem tantos trastes disponíveis. Por que unzinho desses que acho interessante tem que chegar comprometido, morando longe, ou simplesmente não se interessam por mim do mesmo jeito?

Muitos dos homens que passaram pela minha vida, na verdade foram tentativas de encaixar alguém nada a ver comigo no papel de um companheiro. Talvez por isso tudo tenha desandado tanto. Talvez não! Tenho certeza que foi por isso! Por causa disso hoje em dia não cedo muito, tento não fazer concessões, porque já fiz em excesso e elas simplesmente não me levaram a um companheiro legal.

Hoje em dia quero simplesmente tudo, o cara pronto, não quero mais aprontar ninguém. Não quero mais ajudar homem ficar assim ou assado para que possa ter uma convivência suportável com ele. Sim, porque foi isso que consegui, convivências suportáveis.

Não, eu não estou deprê! Quer dizer, até estou, mas não estou... rs... Eu não me rendo a depressão, ela se rende a mim. Abro um latão de Skol, como agora, e resolvo tudo escutando música e deixando o álcool parar minha mente conturbada. Para amanhã voltar a ser a mesma farsa de sempre. A mulher forte, sempre senhora de si, que pode tudo, mas que na verdade sente um vazio imenso. Vazio de ser humana...

Não! Não tenham peninha de mim! Porque sou difícil, sou chata, tenho um humor instável que poucos dão conta. Mas sou parceira, não jogo companheiro pra baixo, até porque passei parte do tempo dos meus relacionamento melhorando os homens com quem convivi.

Que saco! Esse texto tá podre, mas vale a pena ser publicado. Afinal, Dama de Cinzas também faz xixi, tem dor de barriga, fica sozinha no sábado e faz texto idiota que pode provoca pena nos outros, coisa que odeio!

Mas já repararam que toda vez que abrimos nossa alma, sempre abre espaço para sentimento de pena? Uma coisa não dá pra acontecer sem a outra. Eu gostaria que fosse possível, mas não é....

22 comentários:

Lee disse...

A Dama faz xixi? O.o

Nossa, nunca notei...

;oP

Priscila disse...

Vc disse uma coisa que até parece eu falando... não quero cuidar de alguém...moldar, ajudar, fazer denguinho e adestrar. Quero um homem pronto tbém...nós com o tempo ficamos assim, intolerantes, cedemos muitas vezes, chega uma hora que cansamos de ser boazinhas demais. Eu tbém me pergunto será nem unzinho, nenhum carinha legal esta perdido por ai e vai topar comigo? bem só tempo irá dizer... Depre?? tbém não estou e estou kkkk a correria do dia a dia..ofusca e não permite pensar em homem que não vale a pena. Prefiro gastar energias com coisas que valem a pena e acrescentam. bjos

Aninha Zocchio disse...

Oi menina por trás da Dama!
Não estou com um pinguinho de pena de você, mas como a Cel diz... dos "pangarés" que costuma perder mulheres de fibra.
Aliás quando as mulheres são melosas demais enjoam, se fortes e guerreiras, correm feito gazelas assustadas.
Então, põe mesmo os bichos para correr e relaxar tomando uma. É até agradável, pensamos nas coisas de forma mais "Zen"... pressa de laçar outro pangaré, e imaginamos outras formas infaliveis, que depois é só botar em prárica!! Palavras de um rosto comum na multidão para uma pessoa nada comum!! :-)
Bj menina bom final de semana!!!

Nara Faraj disse...

ai, esse seu texto até parece que fui eu quem escreveu...
to num momento super solitária, querendo cia pra dividir a vida, mas sem paciência pra homem cheio de defeitinhos, arrrrrrg!
bom saber que não estou só, na minha solidão, rs.
bjuss

Silvia C. Barbosa disse...

Flor...
Eu não tenho pena de você, como espero que não tenha de mim, e sabe porquê? Por que não somos o que escrevemos, o que escrevemos é uma pequena parte de nós. Eu posso escrever sobre a solidão, e despertar para mim e imediatamente por a cara na rua, entendeu?

Você está certíssima em querer pronto, ou ao menos, o mais próximo do melhor, já que perfeito não existe...

Beijos menina linda

San disse...

bem se me permite melhor um pronto e de preferencia sem cunhada.... rsrs senão melhor ficar sem bjs

Palavras Vagabundas disse...

Um abraço apertado e vamos dividir a Skol?
bjs
Jussara

Lady Murphy disse...

Dama de Cinzas é uma mulher de verdade. Uma pessoa (redundantemente) humana.

E que bom!

:)

(Embora eu não possa te ver, você fica linda sem armadura)

Senhor Critico disse...

Em texto de Mulher, Obvio que só vai ter mulher comentando, mas deixa elas de lado e vamos te dar um Chá de vida real.

Primeiro, PENA? do que? Não existe vitimas, anota a frase do Sr. Crítico ai: "Só fazem conosco o que permitimos que façam".

segundo: Por que mulher ama falar de Homem pronto, sendo que, na maioria das vezes ela (a mulher) não esta nem um pouco pronta, ou então fica jugando o homem o tempo todo..
Lembre-se: Atraímos pessoas por afinidade, e se só atraímos pessoas ruins é por que somos... Adivinha? rsrsrsrs

E você faz Xixi? Credooooo.. Que Horror..rsrsrs

Beijos

Dama de Cinzas disse...

Senhor Crítico - Sei que só fazem com a gente aquilo que permitimos e tudo mais que me disse. Por isso disse que o texto tava podre e que iria publicá-lo mesmo assim. Afinal, somos feitos sempre de coerência? rs

Beijocas

Suzi disse...

Olha, não tem como não rir do modo como escreve. Ao mesmo tempo que conta um fato, um problema que incomoda (que é normal para todo mundo), você consegue aliar o ruim, com algo tão crônico, que na verdade, não fico com pena de ti não...
Eu consigo entender o que diz, porque por vezes, já passei por essas fases, e sei exatamente os sentimentos que rondam.
Na verdade, quando escrevemos, ou simplesmente jogamos palavras de raiva, tristeza, ou algo adjacente, nas entrelinhas, já percebemos o que temos que fazer ou agir. Alguma palavra de um blogueiro, ou mesmo uma frase inteira, que percebemos que foi postada justamente para nós, já nos acomete de uma amplitude válida...
É assim...
Se jogue nas linhas... Comente a sua deprê, fale da sua felicidade, lisonjeie suas qualidades, diga também sobre os seus defeitos, fale mal dos homens e das mulheres, mas saiba também elogiar... Nada de hipocrisia, como muitos que vejo por aí...
Por isso, sou sua fã... Seja real, verdadeiramente humana!!!

Beijão

Suzi disse...

O comentário do Crítico é indiscutivelmente só gargalhadas...
Estou 'rachando' aqui das peripécias que ninguém acredita que você faz o número 1 ou o 2...

rs!!!

Pai do Coração disse...

Vc faz xixi...mas o sr crítico fez cocô.

Patrícia Galvão disse...

Observação científica: Os homens gostam de falar de xixi e cocô.rsss
Você é ótima e seu parceiro chega , se você realmente quizer um.

Bjks.

Nana disse...

Legal q td vez venho aqui vejo um texto seu q me faz pensar em qto somos parecidas no dia - a - dia. Por isso, uso o meu cantinho pra extravazar quem eu realmente sou.
Qto a pessoa certa, bom...esperamos em Deus q ela exista certo?!
Bjs e fik c Deus.

Em Meus Devaneios Desvairados disse...

Talvez nessa postagem você tenha sido muitas mais a menina do que a dama das cinzas, pois a menina parece ser mais frágil e mais humana, mais não é imparcial, não vale a pena querer mudar alguém, ou mudar por alguém, ninguém tem esse direito, o máximo que podemos é nos adaptar, e sempre existirá alguém com os mesmos pensamentos, os mesmo sonhos, até os mesmos defeitos, e poderá ser capaz de nos completar

meu cantinho disse...

Dama...
Sinceramente, homem pronto??
AH!! Deus te livre, já pensou na chatice que esse homem seria na sua vida?
Pense bem...
bj
Renata

Ana Wants Revenge disse...

nao to com pena, to me acabando de rir.

muito bem humorada! :)

beeeijo
.
.
.

Cristina disse...

Para mim mulher de fibra é aquela que saber ser docê e forte. E eu percebo isso em você.
Pena não sentiria nunca... apenas iria pedir um gole da sua skol!
Beijos

Tatiana disse...

Rs....acho difícil alguém sentir pena de voce,acho que desse susto voce nao morre...rs!!!

Eu sou o GOOGLE disse...

ameiiiiiiiiiiiii, não quero construir ninguem tambem!
bjs, PS: coluna atrofiada, pouca leitura, pouco PC...bjs

alinepacheco disse...

Já me senti exatamente assim várias vezes!!! E escrever textos ruins e "podres" faz parte... afinal de contas, somos no blog como somos na vida... e na vida somos perfeitas?! Claro que não!!!

Obs.: Se o blog fosse meu, já teria mandado esse Sr. Crítico pra pqp!!! Mas como não é meu, não posso mandar!

Beijooooos, menina!!! =)