sexta-feira, 13 de junho de 2014

Indo em busca de novos rumos...

Tem alguns poucos meses que coisas se modificaram na minha vida e na minha mente. Desde a minha cirurgia malsucedida  de voz em 2010 que entrei numa concha e fui me afastando do mundo, de todos. Isso trouxe como principal consequência uma grande solidão. Mas solidão nunca foi algo que me apavorasse, lido bem com ela, em muitos momentos gosto dela, até prefiro. Mas é óbvio que o ser humano não nasceu para seguir a vida solitariamente, mas sim em sociedade, somos seres que gostamos de companhia e comigo não é diferente.

No entanto algo mudou para melhor recentemente e voltei a sentir uma enorme vontade de refazer a minha vida. Não que ela tivesse detonada, muito pelo contrário, até tenho uma vida tranquila atualmente, mas de 2010 para cá minha vida social se diluiu completamente. 

Dia desses, tive a certeza que algo deveria ser mudado, que  estava pronta para seguir novos rumos. Tive uma espécie de "crise de solidão" em que me deu um grande desespero por estar sozinha e pela primeira vez em muitos anos, peguei o telefone e quis ligar para várias pessoas, para algumas até tentei mas nem deixei chamar quase. Aquilo passou rapidamente, mas foi intenso demais para que esqueça. A partir dali  percebi o que vim fazendo com minha vida. Priorizando o que não devo e vice-versa. Enfim, acho que venho fazendo tudo errado nesse setor, principalmente não deixando o novo entrar. Estou precisando me renovar.

Então venho amadurecendo ideias. Sabe quando a gente simplesmente tenta mudar o caminho, o jeito de fazer as coisas? Tentar almoçar num restaurante diferente. Aceitar fazer um programa que nunca fizemos antes. Mudar o caminho de voltar para casa. Fazer pequenas mudanças numa espécie de ensaio para mudanças mais importantes. Acho que estou nessa fase, das pequenas mudanças, para logo em seguida tentar fazer outras de peso.

Não sei se será um processo fácil, mas é um processo possível e que estou disposta a começar, aliás já comecei. Quero, em breve, olhar para esse post e perceber que consegui dar alguns passos adiante. Quero mais para a frente notar que algo importante  melhorou no meu social. Se vou conseguir? Não sei, mas tentarei com certeza.

13 comentários:

Carolina disse...

A melhor qualidade que temos é de se reinventar e novos começos sempre são bem vindos. Sei bem o que estás passando, já vivi isso ( ou vivo, sei lá...)
Boa sorte amiga!
No final tudo dá certo!
bjos

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Que e notícias boas menina ... super feliz ... sim um processo q pode ser mais ou menos difícil mas nada q vc não seja capaz de superar ... força aí querida ...

Beijão

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Complementei este meu comentário acima, em agradecimento a vc, lá no enfim! Confere depois ...

Beijos ...

Ana Paula disse...

Sim é um processo possível! Gosto do conceito do ideograma chinês para crise que quer dizer mesmo mudança.
Eu bem sei o quanto é difícil sair do conforto do mesmo restaurante, do mesmo lado do ônibus, do fundo de qualquer sala... Desejo que logo volte a ler esse post e possa acrescentar tudo o que se modificou!
beijo

Madi Muller disse...

Acho que todos nós temos uma Fênix pronta pra ressurgir das cinzas,qdo.preciso...e agora tá na hora,linda Dama, na tua hora de se desprender do passado e olhar pra frente, ser feliz. Nada é perfeito,mas sempre pode melhorar,e isso tem de partir da gente..tu já inspirou tanta gente aqui no blog, teus exemplos de superação,enfim,quero voltar aqui e ver que o Projeto Dama 2014 vai perdurar...beijão!

Gera Souza disse...

Fico feliz por você Dama!
Mudanças trazem crescimento e amadurecimento.
Tenho certeza que independente do processo pelo qual poderá eventualmente passar, lhe dará grandes vitórias!
Não deixe de compartilhar!
Beijo grande!!

Israel Freitas Silva disse...

Amiga, a vida é um eterna mudança. Se você está achando que está na hora de seguir outros rumos, vá em frente, mude, se reinvente. Temos o direito de mudar de caminho para nos sentirmos melhores. Somos camelões da vida. Viva queria! Mude e seja feliz!!!

Ed Soares disse...

Não vou pedir desculpas por ser chato, mas tenho que falar...

BEM QUE EU TINHA TE DITO!

Lembre-se de nossas trocas de e-mails.

Tem assuntos neles que estão inseridos nessa sua postagem.

Meus parabéns!

O Que Tem na Nossa Estante disse...

Dama, se existe uma pessoa na qual eu apostaria minhas fichas essa pessoa seria você Dama! Boa Sorte nessa nova faze... E talvez seja coincidência, talvez não, mas veja a frase que acabei de postar no twitter: "Somente a fênix ascende e não desce. E tudo muda E nada se perde realmente." In: Sandman: Despertar.

O Que Tem na Nossa Estante disse...

Dama, se existe uma pessoa na qual eu apostaria minhas fichas essa pessoa seria você Dama! Boa Sorte nessa nova faze... E talvez seja coincidência, talvez não, mas veja a frase que acabei de postar no twitter: "Somente a fênix ascende e não desce. E tudo muda E nada se perde realmente." In: Sandman: Despertar.

Pandora.

Douglas S.M disse...

Eu tô sempre deixando o novo entrar. Quanto mais novo, melhor... ^^

Patricia Romanato disse...

Eu já senti isso, embora ainda viva em um casulo. Não sou uma pessoa fácil e isso fez com que eu me afastasse muito de tudo.
Tenho a necessidade de buscar novos rumos, eu ainda chego lá!
Força para nós!

Bêjo

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Dama. Acredito que todos nós já passamos por isso em algum momento da vida, o importante é seguir adiante, com fé, esperança e coração aberto para o novo, ainda que o mesmo possa no fundo nos trazer algum receio.
O importante é tentar, isso sim!
Ao menos, você terá feito a sua parte, se der certo ou não, você agiu.
De qualquer modo, acontece para nós o que for o melhor e o que realmente precisamos passar.
Fique com Deus.
Coloquei na minha lista de blogs o seu espaço, assim, recebo as atualizações.
Beijos na alma.