quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Sentimentos mesquinhos...


Quando não estou numa fase legal de vida. Dois sentimentos são constantes na minha mente.

- A vontade que alguém, algo, ou algumas pessoas vejam que estou mal e me ajude de alguma forma, sem que precise pedir.

- Olho a vida dos outros como muito interessante. Qualquer vidinha mais ou menos me parece mais interessante que minha própria vida.

Podem pensar que, porque não ando lá muito bem, passei a invejar a vida dos outros... rs. Não é isso, mas é por esse caminho.

Não me considero uma pessoa invejosa. Não fico sentada na beira da vida espiando os outros viverem e torcendo contra, só porque não consegui isso ou aquilo. Mas tem momentos que a gente já tentou tantos caminhos, que usamos tantos fórmulas de felicidade e tudo parece não está funcionando, que a gente simplesmente para e senta, cansados de tanto batalhar. E aí vem essa avalanche de sentimentos mesquinhos. De olhar a vida dos outros como mais interessante.

No meu caso isso é transitório. Sei que fico assim um tempo até reunir forças para caminhar novamente, ou quando de repente surge uma solução. Mas sei que tem pessoas que se especializam em "secar" a vida alheia.

Não acredito que a inveja alheia e "olho grande" possa me atingir de qualquer maneira, porque simplesmente não acredito nisso, não entro nessa vibe. Então quando me sinto desejando a vida dos outros, não sinto culpa, porque não faço isso com intuito de jogar ninguém para baixo. Nem faço nada que prejudique a felicidade dos outros, pelo contrário. Mas fico com a tristeza de não ter conseguido as coisas por que batalhei.

Um dia eu volto no blog para exemplificar tudo isso com fatos. Por enquanto só queria mesmo desabafar... rs

30 comentários:

Atitude do pensar disse...

Em nossa sociedade temos aprendido tanto que inveja é quando desejamos tomar a vida/algo do outro que, acabamos esquecendo que simplesmente podemos querer o que ele tem sem que este o perca.
Não sou de querer coisas materiais que o outro possua, mas fico admirando pessoas que tem algum traço na personalidade que eu não tenha, ou seja feliz no amor, coisa que ainda não consegui. Penso que inveja, é quando olhamos para o outro e pensamos: fulano não merece isso, mas eu sim. Isso sim, é repugnante, pois cada um sabe da sua vida! Sua dor e delícia!
Bjus pra ti, mulher.
K.

Pai do Coração disse...

Adoro quando você escreve assim. Como um alto falante do pensamento de todos.

Camila Monteiro disse...

Dama, acho isso normal sabia? As pessoas batalham e umas conseguem e outras não. Isso desanima e ainda somos muito imperfeitos, acabamos sentindo isso mesmo.
Só não se deixe levar e saia dessa quando perceber.
De resto, fazer o que, acontece!

Kázita! disse...

Oi Dama!
Estou passando por uma situação parecida... Essa vibe filha da mãe que não passa. Ando meio deprê... Achando q a vida de todo mundo é legal, menos a minha. Que saco!
Não tenho nada legal pra te dizer, mas entendo o q vc quis dizer neste post.

Bjos

San disse...

esse seu sentimento esta longe de ser inveja, e disso tenho certeza.Quando lutamos por algo e não conseguimos , é normal vermos os que conseguram como ponto de interrogação...mas eu chamos isso essa faze de carencia isso sim...Quanto ao sentimento de inveja ele só combina com os incapazes e esse minha cara felizmente é o caso de uma minoria...,Parabens pelo post ele é otimo

bjs

natyscastro disse...

oi lindona.. eu entendo vc.. tb não tá la numa fase muito boa, então ta meio dificil ate deixar comentarios.. mas quando li seu texto me vi um pouco, nao pelos sentimentos q são bem diferentes, mas pelo cansaço de lutar muitas vezes em vão. bjuss.. seja la o q for, desejo q passe rapido.

Bill Falcão disse...

Também ando procurando forças para recomeçar. Você sabe do que falo. Vou retuitar para que outras pessoas possam vir aqui e, quem sabe, se identificar com momentos difíceis que todos passamos, mais cedo ou mais tarde.
Bjoo!!

.:*Aline*:. disse...

Olá Dama!
Acho que todo mundo se viu um pouco nesse post.. eh um sentimento mais que normal. Eu, nos meus altos e baixos, passo demais por isso. Mas não eh inveja de querer tomar o q a pessoa conseguiu, mas sim um pouco (ou muita) frustração de EU mesma não ter conseguido. Aí, como vc falou, o jeito é juntar forças e se reanimar para continuar.
Bjus, fique bem.

Tatiana disse...

Dama querida!!
Que atire a primeira pedra quem nunca olhou a vida do outro com curiosidade e desejo alguma vez na vida.
Por mais satisfeitas que estamos com nossas vidas, há momentos de insegurança e duvidas.
Aqueles momentos que achamos a grama do vizinho mais verde!!! Eu tenho, você tem, ela tem....somos humanos e a comparação é inevitável, principalmente quando nos sentimos vulneráveis!
Adoro a sua sinceridade!!!
Beijocas!!

Felina disse...

escreveu em lindas palavras meus sentimentos.

Silvia C. Barbosa disse...

Oi Dama..

Nossa, esse post poderia ter sido escrito por mim, mas sempre tive medo de tocar no assunto e ser vista como invejosa. Besteira minha...
As pessoas nos veem como quiser independente do que escolhemos mostrar.

Natural que algo ou alguém nos desperte esses questionamentos, em maior ou menor grau, depende do nosso momento.
E natural tb que despertemos isso em outras pessoas sem que saibamos.
Acho que " tão feio quanto sentir inveja" é sair por ai gritando aos quatro ventos que "somos invejados" rsrsrs

Beijossss e torcendo pra vc ficar bem logo. De coração...

Atitude: substantivo feminino. disse...

As vezes a gente se irrita com a felicidade do outro sim, e acho que é normal quando estamos em busca de algo. Não queremos o mal de ninguém, não estamos "de olho" no pão do outro, não é isso. Nós apenas queríamos "também" uma fatia do pãp gostoso e quentinho.
E aí nos dão o pão velho. Murcho, passado, sem sabor.
Fazer o quê?
Isso tende a passar quando descobrimos que a vida do outro é de merda tal qual a nossa.

Simone Audrei disse...

Escrevi um post semana passada sobre este assunto, mas não postei, achei muito auto ajuda e não gostei.
Mas Dama,todos nós temos isso de vez em quando, de achar que a galinha do outro é mais gorda, a grama do vizinho é mais verde, mas não é por aí não, todos temos nossas dificuldades e às vezes as aparências enganam...
Bj mulher, força na peruca!

Tatiana disse...

Cris querida!
Obrigada pela força la no blog da Emiliana!!!!
Bjks!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Nossa... texto verdadeiro, quando estamos assim a vida do outro parece muito melhor que a sua. A gente sabe que passa, mas é uma sensação ruim, por vezes desanimadora.... Eu me afogo na comida.

Adorei ler...

Beijos

C. disse...

E atire a primeira pedra quem nunca teve sentimentos mesquinhos!!!! rs

beijos

Nana disse...

Falou verdade!!!
Tem novis no meu cantinho; qdo puder, passa lá. Bjs e fik c Deus.

Roderick Verden disse...

Te entendo, Dama, mas penso diferente. E até mesmo penso que pagamos caro pelo q conseguimos. Muitas vezes, uma determinada pessoa aparenta que está bem, e até diz estar feliz, mas a verdade é diferente. Agora, eu sou vazio e ando cada vez mais apático.

Abraços

Lília disse...

Dama, o admirável é ter coragem para admitir suas dificuldades e mostrar de cara aberta a forma como vc tem se sentido.

Eu acredito em inveja mas é algo diferente do que vc relata...a inveja é quando vc quer ter a vida do outro e ser o outro... o que vc sente é um grande questionamento diante de algumas injustiças da vida: porque eu trabalho e não consigo e ele conseguiu tão fácil?

O fato é que não sabemos a resposta e também não sabemos se o fácil do outro seria fácil para nós, nunca sabemos os pormenores da vida de ninguém não é mesmo? Acho que por isso é tão fácil fantasiar...

Um abração e melhoras.

Laly disse...

Putz Dama!
Com certeza todo mundo faz isso... espionar a vida alheia, principalmente pelas redes sociais...todo mundo tem fases ruins e boas.. de conquistas e perdas...

A última vez que isso me aconteceu, eu espionei a vida dos meus ex colegas de Brasília - " a elite" e vi que faziam facul, alguns trabalhavam (coisa q nunca pensei q fariam antes de terminar a facul), outros eram funcionários publicos, viajavam, ganharam um carro zero qd fizeram 18 anos... eu não senti inveja deles, pq eu esperava q isso aconteceria com eles, fiquei até surpresa com outros.. e me perguntei se a minha vida teria sido daquele jeito se eu tivesse continuado por lá ou com as amizades.....

recomece logo!!

bjs

Ju Ramalho disse...

O ruim é nem tudo que a gente quer a gente pode ter né? kkkkkkkk isso sim é mesmo frustrante .

Eu falei de olho grande hoje no meu post, mas é diferente... toda vez que alguém acha que vai me encontrar mal por algo me encontra bem ..lidando com a situação com meu humor irônico característico... dai a pessoa desmonta né... pq as pessaos querem te ver bem, porém nunca melhor do que elas próprias.

Acho que seu caso é outro... não acho que vc inveje...acho que vc compara algumas coisas.... invejar é não querer que o outro tenha, que seja, obtenha... enfim quem que já não se pegou tendo pensamentos assim né? kkkkkkkkkk quem disse não tá mentindo hahahaha

Bjoooo

Aninha Zocchio disse...

Sentimentos mesquinhos podem ser modificados... e se transformar em sentimentos meiguinhos... :-)
Um dia estava toda para baixo (para variar) e chorei as pitangas com um amigo, achava até que estava errada já que tinham pessoas em situações bem piores, então ele me respondeu: é Aninha, se olhar para tras tem sim, mas se olhar para frente, também têm pessoas em situação melhor, então é natural que queira o melhor para si!!
Assim, procuro fazer o que posso, mas tb me sinto injuriada quando as coisas não saem como desejo... e por ai vou eu....
beijokas!

Afrodite disse...

Entendo perfeitamente esses seus sentimentos,Dama.
E vejo sinceridade nas tuas linhas,vc usa a 'inveja'(digamos assim...) da vida alheia pra melhorar a sua e não puxar o tapete do fulano,tô errada?
E isso te torna melhor e sem comparação aos pares que vejo por aí,que não passa de um bando de recalcados que não fazem nada de suas vidas,e que vivem apenas invejando os demais.
Beijo!

Celamar Maione disse...

Dama,

acredite vivemos tempos de aparência.
Você é " sinceramente" humana. Verdadeira. A verdade incomoda, em uma sociedade que quer sorri a qualquer preço.
Mesquinhos somos todos nós de quando em vez. Aquele que não for, atire a primeira pedra.

Beijos

Suzi disse...

Ué? Por que não ambicionar também a felicidade alheia???

Não acho que seja 'invejar'...

Se um amigo meu, está feliz no seu casamento, por que não posso ambicionar para a minha vida, a palavra felicidade???

Ou

Se o meu amigo conseguiu um emprego em uma empresa extraordinária e terá a vida que pediu a Deus, por que não posso ambicionar para a minha vida profissional, o sucesso?

Tudo advém de como olhamos a cerca alheia!!!

Deseje... Isso é normal... Só será anormal, quando você perceber que, não faz nada para mudar a sua vida!!

Esse lance de esperar e ver como as coisas irão se acertar, também já rolou na minha vida! Vai chegar um determinado momento, que isso passará, e você mesmo,irá querer a sua vida itinerante de volta...

Rola um tempo...

Espere e verá!!

Beijosssss

J@de disse...

A inveja é uma palavra eu acho que é mal usada, porque quando se fala inveja já dá o tom de maldade né?
Daí quando a gente se pega observando a vida dos outros, parece que a gente tem que se explicar, mas eu não vejo assim...
De vez em quando eu me pego achando a vida dos outros tão mais legal que a minha, depois eu vejo que todos temos os mesmos problemas e defeitos...
Mas não quero secar ninguém porque achei naquele momento que a vida da pessoa era mais legal, muito embora eu tenha tido esse exemplo dentro de cada, vc sabe disso, essa inveja que dá raiva e faz a pessoa querer o mal dos outros é falta de caráter eu acho...
Beijos!!
Também

Caroll disse...

Querida Dama,
Sei bem como é sentir esse cansaço de batalhar e nada acontecer.
Já tive vontade de sumir e pensei que não faria falta por aqui.
Mas isso são fases da vida. Como você mesmo disse, nos sentimos assim até recuperamos nossas forças e seguir em frente.
Levantei, estou de pé e voltei pra batalha!
Desejo o mesmo a você!! :)
Bjs

Maniac@ disse...

Pra mim isso é normal, as vezes é natural a gente não se "suportar", ter um dia buscando um abraço sem ter que pedir, um sorriso que ter que dar um antes. Mas é fase, no fundo a gente sabe que não existe ser mais contraditório que o ser humano. Fica bem!

Cacá - José Cláudio disse...

Não vejo nada de inescrupuloso nisso. São sentimentos que povoam tantos de nós! Acho que "secar" a vida alheia como você bem disse seria nocivo. Não sendo, observar a vida em torno da gente pode ser estímulo ou autocrítica, como você bem fez aqui. Abraços, Dama. paz e bem.

Keila disse...

A grama do vizinho é sempre mais verdinha que a nossa.

As vezes é difícil contemplar a própria vida...
bjs