sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Tragédia...



Não sei dizer ao certo o porquê dessa tragédia de Petrópolis ter mexido comigo mais do que as outras. Talvez por sua extensão, pelas imagens chocantes, pelos relatos em que conseguimos imaginar um pouco a dor imensa das pessoas. Talvez porque eu esteja num momento mais sensível mesmo.

Ontem, enquanto almoçava no restaurante, passou a cena (video acima) do resgate da Dona Ilair, que num momento de desespero, vendo sua casa desmoronar ao seus pés, tenta salvar sua vida e a de um de seus cachorros. Senti silêncio no restaurante. Todos olhavam estarrecidos. A comida travou na minha garganta.

Logo mais, à noite, chorei ao ver todas as cenas de destruição, perda e morte. Nesses momentos que percebemos que estamos tristes com nossos problemas, mas existem situações limites tão mais intensas, tão mais terríveis, de um vazio que a gente não consegue imaginar...

Choro ao escrever esse post. Sempre me pergunto a razão de tudo isso, e por mais respostas racionais que eu encontre, mesmo assim fica aquela sensação de que a vida não tinha que ser assim...

14 comentários:

disse...

Nós aqui em Petrópolis, estamos completamente desolados. Cheios de dor e tristeza. Mas nem podemos parar para chorar. Agora é hora de ajudar os petropolitanos que se veem nessa situação ano apos ano sem que nada seja feito pelas autoridades (in)competentes!!!
LUTO

*** Cris *** disse...

Senti a mesma coisa ontem.

Senhor Critico disse...

Olá Dama,

Tambem fiz uma postagem essa madrugada no Adoravel Critica sobre a "Tragédia" que vem ocorrendo não só no Rio de Janeiro, como em São Paulo, Minas Gerais, Espirito Santo. E não sei por que, mais algo me diz que teremos noticias em breve do Paraná, já que começou a chover por lá.

Não escrevi no meu Post, mais eu chorava enquanto escrevia, pois durante a madrugada toda, uma TV na Band News e a outra na Record News, vendo as cenas, os depoimentos, tudo isso me deixa triste.
E hoje pela manhã na Band News FM, o Ricardo Boechat fez uma OTIMA Crítica, do por que, por que os governantes só estão sobrevoando as areas e não COBRANDO as ajudas que demoram a chegar.

Abraços

disse...

É triste mesmo. Pior que o ano passado tb começou cheio de tragédias, ainda me lembro como se fosse recente... Fico muito triste vendo o desespero das pessoas, os caixões, as casas soterradas e etc.

Bjos

Cinderela Descaída disse...

Querida:
Também fico triste, mas sabe o que mais me entristece? É que essa tragédia vem acontecendo todos os anos e as autoridades, os governos estadual, municipal e federal só agem depois de vidas terem sido perdidas e isso é vergonhoso!
É claro que choveu muito, choveu demais, mas existem áreas de risco que não deveriam ser habitadas!
Me lembro de chorar o ano passado ao ler uma reportagem sobre um pai desesperado tentando salvar o filho preso sob camadas de lama e entulho no Morro da Bumba em Niterói, mas só conseguiu tirá-lo morto! Me senti impotente.
O que nós, cidadão brasileiros temos de fazer é mostrar aos nossos governantes que não somos imbecis e que entendemos que houve incompetência do Estado. Temos de gritar aos ouvidos deles, entupir suas caixas de email, twitters e o que mais for.
Desculpa se escrevi demais. É que estou com raiva e me sentindo impotente.
bjs

Luciana disse...

Muito triste isso, também fiquei chocada.

Beijo

Atitude: substantivo feminino. disse...

Dama, é tudo muito chocante. A cena foi idêntica ao de um tsunami. As paisagens sempre tão lindas e agora destruídas.
Eu não culpo a natureza, não culpo Deus..o que eu sei é o seguinte: existe um instituto no Rio que foi criado após as fortes chuvas que destruíram as cidades em 67 - é o Instituto de Geotecnologia. Esses caras fazem um trabalho de pesquisa fantástico e possuem todos os recursos necessários para avaliar uma região. Eles plotam numa espécie de plataforma a planta do lugar (tipo um google earth) e já sabem de antemão o risco daquela região e se alí vai desmoronar ou não.

Quantas vezes isso foi feito nestas cidades? Aposto que nenhuma.

Hoje pela manhã, um professor desse Instituto estava indgnado na CBN falando sobre isso. Pois o recurso existe mas a vontade política não.
E é aí que mora o problema. As autoridade vão deixando as coisas chegarem no nível em que estão

Passar de helicóptero é fácil. Ir lá e dizer que algo vai ser feito é mais fácil ainda.

Nova Friburgo acabou. A cidade é um polo de confecção, de turismo e de hortifrutigrangeiro..olha o prejuízo para os comerciantes..para quem também vive disso.
Quantos reais a cidade destinou ao trabalho de prevenção? Aposto que uma merreca..ainda mais se comprados aos investimentos feitos por exemplo nas escolas de samba da cidade..rááá porque investir em carnaval é moleza, né! Ganha voto, gera dinheiro rápido.

Sinceramente, sinto pela dor daquelas pessoas. ver a cena daquela senhora que vc lembrou é algo assustador. Vi uma também de uma mulher que ficou presa no teto de casa sem saber nadar..com a filha e a mãe...horr´´ivel..que dor..que tristeza.

É hora de arregaçar as mangas. Essas pessoas precisam cobrar atitudes das autoridades que só pensam em voto, em eventos internacionais como Copa e olimpíadas ao invés de pensarem nas sua pessoas.

Sinto-me imensamente envergonhada de morar num lugar assim, pois sempre sinto que poderia estar fazendo mais, cobrando mais...

Muito triste esse momento. Muito.

RAFAEL disse...

Infelizmente não sei oq falar. Estou me poupando das imagens nos telejornais, tenho só lido na internet. Estão começando com o sensacionalismo, isso me agride.

existem culpados, sabemos, mas agora é hora apenas de salvar que está precisando...

Beijão...

Pattr!cia disse...

Dama
Todos nós hoje estamos com mil sentimentos sobre o que está acontecendo.
Concordo, contigo, concordo os os comentários, mas meu olhar me fez voltar a outra coisa. A solidariedade.

Infelizmente concluí que não sou solidária. Não sou Dama, porque sou capaz apenas de ajudar as pessoas que estão em extrema necessidade, mas não sei solidária diariamente. Meu post sobre a tragédia me fez analisar isso.

Beijos

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

Incalculáveis são as perdas a qual estamos tendo conhecimento.
Suas palavras acertadas fora também meu pensar na noite passada.
Serei eu tão egoísta assim, sinto o aperto em meu peito e sinto mal por senti-lo vendo o que esta acontecendo com o Mundo todo.
Silêncio... "pensamento"... razão? Não a encontrei para o que vem ocorrendo, mas confesso que perco o pouco de paciência que me resta, ouvindo a réporteres e suas perguntas descabidas.

Beijos Dama.

Fê Miceli disse...

Tb ñ sei a razao desta tragédia ter a repercussao q está tendo e mexendo dessa maneira com as pessoas, já que tivmos inúmeras outras tragédias antriormente. Cidades tao lindas e q vao demorar tanto tempo para se recuperarem... O dsespero deles passou para mim.
Que Deus tenha piedade deles um pouquinho, agora...

bjs

Amiga do Cafa disse...

Dama,

a imagem do resgate correu o mundo.
Também muito triste com tudo. Chocante. Mais de 500 mortos. E não vai parar por aí...
Uma tragédia climática. O homem mexeu com o planeta . A terra está doente.

Beijos

Juliana Galante Magalhães disse...

Oi querida
as lágrimas por aqui tbm rolavam soltas, minha ex enteada mora em Nova Friburgo com a mãe dela... Só consegui ter notícias de que elas estavam conseguindo deixar a cidade hoje de manhã... por uma amiga, já que meu casamento acabou daquele jeito.
É tudo muito triste e acredite a única coisa que nenhum de nós vai conseguir encontrar é uma explicação racional para tudo isso.
Beijo no seu coração

Afrodite disse...

Quem consegue olhar pra tudo isso que vem acontecendo,não apenas aqui no Rio mas em outros lugares,e não ficar se sentindo da mesma forma que vc?
Eu tb me senti assim...meus problemas são mínimos perto de tamanha perda e dor!
Afrodite