domingo, 6 de junho de 2010

14ª Parada Gay de São Paulo

Hoje aconteceu, ou ainda está rolando a 14ª Parada Gay de Sampa. Já fui em outras de outros anos e adorei. É uma oportunidade de reivindicação dos direitos, mas também é um momento de diversão. As vezes que fui, bebi, dancei e, entre homens e mulheres, beijei muito. Ô lugar bom pra beijar, é só escolher.

Há quem goste, e há quem deteste. Eu adoro e ainda quero voltar!

11 comentários:

VaneZa disse...

Eita.......... já tá podendo beijar assim??? kkkkkkkkkkkkkkkk

Está cada vez mais claro pra mim o que você disse sobre ficar online 24 horas.

Beijozzz

(ainda sobrou beijo?)

Marcos disse...

Eu sempre ia para São Paulo nos finais de semana para ir a casa de amigos ou pra sair etc.

Numa dessas ocasiões vimos uma movimentaçãoa anormal nas ruas, com ruas fechas e muita gente fantasiada e paramos para perguntar, e estavamos no dia da Parada Gay, nem lembro que ano foi.

Fiquei parado numa das ruas laterais só vendo o pessoal passar, foi muito divertido, em determinado momento fomos para av. Paulista... nossa fomos carregados pela multidão... juro para você... me deu muito, mas muito medo daquela multidão...

Mas valeu e apoio a passeata.

bjs

Sylvio de Alencar. disse...

Nunca fui. Mas acho legal o evento.

Atitude: substantivo feminino. disse...

Nunca fui!
Aqui no Rio, a última que teve em Copa, lembra? Eu tava lá mas acabei não indo..peguei uma parte do desfile caminhando mas não me lembro agora porque quedas dágua tive que voltar pra Tijuca.
Acho importante o movimento.
Só acho errado quando vetam a participação de heteros como eu. me sinto igualmente excluída.
Beijos lindona!
Já tá recuperada?
Podendo falar ou só escrevendo?

lpzinho disse...

Beijaaaar... uhulll é bom demais beijar ou abraçar quem a gente gosta(ou simplesmente beijar e abraçar hehehe)!!!
Mas amiga... eu sinceramente hj em dia vejo a parada gay como uma coisa que acontece no lugar errado.
É simbólico, é tradicional, é o usual... mas fazer um evento deste porte na Avenida Paulista, fechando uma das principais vias de trânsito da capital... e as ruas adjascentes! Ruas com mta moradia, comércio e o principal, quase 20 hospitais que ficam com dificuldades sérias operacionais nestas datas. Sem falar quem precisa deles.
Não existem mais outras comemorações sendo feitas 'oficialmente' na avenida, mas a parada gay é mantida por interesses outros.
Existem na cidade diversos outros locais onde poderia ocorrer a parada sem causar tantos transtornos(mas disso ninguém fala, pq não parece de bon ton ou adequado mexer com isso).

Beijinhos... aliás, muitossss beijos, Dama linda!! \o/

Celamar Maione disse...

Nunca fui. Quem já foi disse que é divertido.
Imagino que seja mesmo. Fora as reivindicações, tem muito colorido, alegria, risos e bom humor.
E rir é sempre bom.
Beijocas e melhoras pra sua voz.

Insana disse...

è uma pena não ter isto aqui no Rio. eu iria pois detesto preconceito e amo a alegria..

Bjs
Insana

*Carol Carolina* disse...

eu nunca fui, mas imagino que a energia seja contagiante em "n" sentidos.
que bom aproveitar a vida assim.
bjao

DESASSOSSEGADA disse...

Nunca FUI MAS pretendo ir na prox.

Bjos

Jean Valjean disse...

Dama, sou a favor de todos e quaisquer modos de expressão da liberdade com dignidade. Sou pelo ser-humano. Sou por Ícaro, que em anseios de liberdade bateu asas até que o sol lhas derretesse. Preferiu a liberdade à vida.
Sou assim.
Abreijos!

A Mina do cara! disse...

dizem que é boa mesmo. pra quem gosta deve ser uma maravilha!