segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Sobre levantar bandeiras...

Já faz um tempinho que decidi não levantar mais, nos meus blogs, bandeiras que não são minhas. Por dois motivos. Primeiro porque percebi que a minha atitude de levantar bandeiras em defesa de um grupo a que não pertenço, simplesmente foi ignorada pelo tal grupo. Segundo porque esse grupo não levanta minhas bandeiras. Então decidi que cada um lute pelo que vai favorecer sua vida.

Não esperava nenhum tipo de agradecimento, romaria em minha porta, manifesto por escrito, nada disso. Esperava só atenção ao que dizia, porque afinal interessava a esse grupo, e como não senti esse retorno, me calei!

Como disse a Jade, muito sabiamente e nunca vou esquecer isso: - Eu não amo os gays, eu amo meus amigos gays! - Acho que é mais ou menos por aí que ando pensando, ser gay não é uma qualidade, muito menos um defeito, é apenas uma característica.

Mas ao ver esse vídeo do PC Siqueira, um cara que gosto muito de assistir, me identifiquei demais com a opinião dele sobre os gays! E tive vontade de colocar aqui. Assista quem quiser, quem puder, quem se interessar:


18 comentários:

Isadora disse...

Dama muito bom o vídeo. Eu não o conhecia. De fato tantas coisas tõa importantes para nos preocuparmos do que a preferência sexual de cada um, nesse caso, mas o preconceito existe com muitas outras questões.
Um beijo

Cantinho da Cê disse...

Boa noite Dama,

Já havia visto um video deste rapaz, mas valeu, muito bom o vídeo. Concordo com ele quando diz que cada um deve cuidar de sua vida e deixar que os outros cuidem da sua própria vida...

Valeu...

Beijos,

Cigana do Oriente disse...

Dei boas risadas com o vídeo, o cara é hilário mas falou muitas verdades,
legal foi o cachorro que não parava de pular e o monstro da bagunça que ele citou? KKKKK
Acho que um cara desses nunca se estressa e o que me chamou a atenção foi o tamanho dos óculos do amigo dele, se bem que o dele também é um pouco grandinho rsss
Valeu, beijos pra você!

@Flafli disse...

Oi Dama! Não conhecia este vídeo. Adorei! Eu tb não entendo muitas coisas a respeito do preconceito aos GLS. Por que toda vez que um gay chega num ambiente cheio de "machões" estes acham que serão cantados?! Não faz sentido!

Mudando de assunto... se me permite vou dar uma dica técnica: Se quiser colocar o vídeo dentro do espaço do blog (sem vazar)você deve editar o código do vídeo... mais precisamente os tamanhos de largura (width="560") e altura (height="340").
Pegue o código do vídeo que copiou no youtube e mude os valores para:
width="480" e height="385" (vc vai notar que essas medidas devem estar duas vezes no código)

Beijo!
Ah! Obrigada pela visita!

Atitude: substantivo feminino. disse...

Damita, terei que ver o vídeo em casa por motivos que vc sabe..hehehe
Mas compreendo o que vc diz.
Eu tbm como boa falante, acabo as vezes até levantando bandeira sem sentir. E muitas vezes eu comento algo e as pessoas acham que estou levantando bandeira..
É complicado isso.
Principalmente quando escrevemos.
Quando falamos, com amigo, numa mesa com gente que já nos conhece é uma coisa.
Quando escrevemos é outra.
Difícil achar o equilíbrio.

Depois dou minha opnião sobre o vídeo.
Bjs!!
Bom dia!

Pandora disse...

Pois é Dama, estou com vc e com a Jade, eu amo meus amigos gays e respeito a opção de quem quer ser homossexual, não sinto necessidade de levantar bandeiras, embora admita de que se ver algo que me choque em relação ao preconceito e coisa do gênero eu sei que não vou me furtar de comentar.

O mesmo não serve para a questão do negro no Brasil e o preconceito, pq esse é um grupo ao qual pertenço socialmente, é uma bandeira que eu levanto e que não preciso de reconhecimento de parte alguma para tanto, até pq minha militancia é intelectual e totalmente desvinculada de coisas relativas ao movimento negro e derivativos, desses NÃO QUERO e NÃO PRECISO de reconhecimento!!!

::::FER:::: disse...

Eu ja tinha visto o video, e eu poderia agora escrever muiiiiiiiiiiiiitas coisas, mas ta bom assim, as de cima ja falaram o essencial. ( Talvez eu faça um post falando sobre).



:::FER:::

lpzinho disse...

Sabe, sobre este assunto me peguei pensando em como teria sido lindo se a internet já existisse(e os blogs) nos anos 80 pelo menos.
Explico: Hoje em dia levantar bandeiras, sejam elas quais forem, signfica perder leitores e ganhar inimigos. Perder leitores é do jogo, afinal... a gente acaba sintonizando com uns mais, com outros menos. Mas ganhar inimigos apenas pela gratuidade não vale, não devia poder acontecer. Falo isso pq nos anos 80, havia mta gente com opinião e argumentos!
Então dava pra conversar, discutir, concordar ou discordar. Hj temos um povo quase sempre modinha que reclama de tudo e não sabe de nada. Que ri e debocha de tudo e todos, mas que não se lembra nem do que almoçou hoje.
E por ai vai.. é um vazio, um comodismo.. ninguém quer realmente ler nada que faça pensar e portanto, canse!
Qdo falo ninguém.. me refiro a grande parte dos blogs por ai, infestados de promoções, culto ao umbigo nosso de cada dia e demais vácuos!!
Graças a Deus ainda existem blogs com conteúdo e pessoas que se permitem discordar, concordar... mas não pq é fofo ou a maioria mandou... e sim pq ainda existe gente com opinião própria!
=) Beijos!

VaneZa disse...

Vi você muitas vezes levantar essa bandeira... e vi você também dizer certa vez de não ter tido reciprocidade (se é que é essa a palvra). Mas... tipo assim... cá pra nós... você morreu por causa disso... nem eu! rs Então aperte o botão do f*d@-se e seja feliz.

BeijoZzZ minha linda!

Amanda Lourinho Braga disse...

Olha Dama, a Nossa vida já é tão curta, que acho que cada um deve se preocupar com sua vida sem olhar pro Jardim do vizinho, vamos ser mais felizes e nem precisaremos levantar bandeira pela causa de ninguém, quem tem sua causa que lute por ela e aguente as consequências, afinal, CAUSA é questão de escolha e consequência é resultado.
Beijos

Palavras Vagabundas disse...

Adorei sua amiga Jade, amo meus amigos (as) gay, não preciso necessariamente amar todos os gays.
O pior da indiferença é o preconceito embutido
abs carinhosos
Jussara

RAFAEL disse...

não levanto bandeira pra nada....sem paciencia com isso. Vc pode se dedicar a uma causa sem sair por aí agredindo os outros.

Não tem a ver com seu post, mas quero comentar sobre ativistas que fizeram baderna na Bienal por que há uma instalação com 3 urubus. O Ibama permitiu e há um tratador cuidando das aves enquanto a exposição estiver la...

Pergunto: não há outra coisa mais interessante pra esse povo se importar do que as 3 aves que estão lá bem tratadas. O que eles querem alegar? que coitadinhos dos bichos ficam lá sendo vistos como animais enjaulados...CARACA!!! e daí?

Por que esse povo não pega os coitados dos cachorros abandonados na rua e fazem campanha pra ajudar adoção dos animais? Os urubus estão la como outras aves estão no zoologico...pq não fazem baderna lá?

Enfim...detesto esse povo que quer aparecer...

Esse cara do video, vesguinho..rs...é show...sempre vejo oq ele fala na net...muito bom.

beijo Dama.

Nilce disse...

Acho que o bichinho da bagunça anda por aqui. rsrs

Amo meus amigos gays.
O respeito da individualidade deve estar acima de tudo e de todos.

Bjs no coração!

Nilce

Flor de Abacaty disse...

Boa noite! Uma ótima opinião sobre gays, vou pensar no assunto, rs. Tô aproveitando pra dizer que voltei com o meu blog, se puder seguir e dar uma forcinha. Obrigado querida! =)

Beijos

Flor de Abacaty disse...

Boa noite! Uma ótima opinião sobre gays, vou pensar no assunto, rs. Tô aproveitando pra dizer que voltei com o meu blog, se puder seguir e dar uma forcinha. Obrigado querida! =)

Beijos

J@de disse...

Eu vou ver mais vídeos dele pq eu adorei!! Parecia que, fora o sotaque, eu tava me ouvindo falar, nossa!!
Beijos!!

Flor de Lótus disse...

Olá minha cara dama!Levantar bandeiras é um risco a se correr mesmo,acho que tu estais certas.Tens que defender os que realmente se importam contigo e o resto que se vire.
Beijosss

Luciana Håland disse...

Eu já tinha comecado a ver um vídeo desse rapaz mas não curti muito e não vi até o final, mas agora vi e gostei bastante das ideias dele. Também desisti de levantar bandeira alheia.


Beijo