segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Minha amiga Patrícia...

Quando conheci meu ex, ele estava separado da Patrícia há alguns meses. Um dia ele a encontrou na rua e se cumprimentaram depois de um longo período sem se falarem... Chegando em casa comentou comigo que tinha encontrado com ela... O tempo foi passando eles retornam uma relação amistosa e eu quis conhecê-la... Marcamos um almoço na casa dela e foi identicação à primeira vista... rs

A coisa fluiu rapidamente entre a gente e nos tornamos amigas de conversar todos os dias pelo msn, algumas vezes pelo telefone e sempre passava no trabalho dela...

Resumindo, Patrícia se tornou a minha melhor amiga. Aquela com quem posso contar pra sair e me divertir, bem como pra me ajudar em momentos difíceis...

Esse final de semana ela veio pra cá e colocamos todos os assuntos em dia... Com ela não me sinto uma E.T., posso conversar sobre tudo sem que ela arregale o olho e se choque com cada pensamento meu... O que é uma constante na minha vida...

Nesse final de semana chegamos a conclusão que sofremos do mesmo mal, talvez algo que se posso chamar de "Sindrome da Leila Diniz". Achamos natural, normal muitos comportamentos e opiniões que chocam a maioria...

Sentadas num bar, ela começou a desabafar sobre algumas tristezas e foi chorando e eu a abracei e fiquei passando a mão no seu rosto por um tempo grande... Quando dei por mim o pessoal em volta estava todo olhando, naturalmente achando que era um casal de lésbica... E eu e ela não estávamos nem aí pra isso... Voltamos de mãos dadas, numa atitude que poderia ser estranho pra muita gente, visto que não somos mais duas adolescentes... Mas pra gente isso é natural... Ela fala o que quer e eu posso fazer a mesma coisa, sem me preocupar com nada... Se bem que, chocando ou não as pessoas, não abrimos mão de ser quem somos, mesmo que isso em muitos momentos traga um sofrimento e até discriminação no nosso ambiente de trabalho...

Eu e Patrícia seguimos juntas, amigas e parceiras em nosso jeito de ser muito estranho pra maioria...

Pati! Adoro você! Muito mesmo!

9 comentários:

Patricia disse...

Às vezes a gente não entende pq uma pessoa aparece na nossa vida, o ex apareceu só pra nos juntar!!
Também adoro vc amiga!
Beijos!

Rodrigo disse...

Minha aminga Dama, Adoro chamar você de Dama acho Chike no último rs, muito bonito a amizade de vocês e valorize isso pois é muito importante em nossas vidas
UM grande abraço

lpzinho disse...

Bonito isso.
A amizade entre duas pessoas é coisa rara hj em dia. Mais ainda uma que nasce como a de Vcs duas nasceu... e são estas relações de afeto e respeito que a gente tem que buscar e ao encontrar, valorizar. Nunca fazendo da outra pessoa uma muleta ou muro de lamentações, claaaro!
Neste caso.. fiquei feliz e emocionado e de certa forma orgulhoso de vc que é sempre e cada vz mais uma amiga preciosa, uma mulher divina... bem além da DAMA alta e toda poderosa... Vc mostra que é uma pessoa rara mesmo!!!
Te amo mto minha amiga bem maior... e claro, com relação aos que ficaram olhando e tiranco conclusões, é aquela história: Se assusta e assombra quem não é capaz de amar, respeitar, viver e cuidar de si mesmo... é um mix de inveja, covardia e acomodação na ignorância e no preconceito!
Mtos beeeijinhos de carinho!!!

Sylvio de Alencar. disse...

Dizer o que, né?: Legal pra caramba!!!!!!


Abração!

Andrea Mari disse...

QUE LINDO DAMA!!!
A AMIZADE É O AMOR QUE NUNCA MORRE* MARIO QUINTANA
AS PESSOAS ENTRAM POR CAMINHOS DIVERSOS, E ALGUMAS PERMANECEM....
BJOSSSS NO CORACAO.

Delba C. disse...

"Sindrome da Leila Diniz"? Que isso?

Mas olha a amizade e realmente uma coisa linda, eu tenho uma melhor amiga.. para falar a verdade tres.
Eu abraco elas, brinco as vezes ate dou beijo no rosto. MAs acho isso completamente normal... estranho seria eu beijar uma desconhecida por aii..

Acho que Deus coloca as pessoas em nossas vidas por um proposito, e nos como seres humanos nao deveriamos ter medo de mostra amor para o nosso proximo. O que acaba com muitas amizades e isso, falta de amor.
Voces sabem que tipo amor eu tou falando neh? Naaaao amor "caliente".. hehe
Beijos ;*

Sylvio de Alencar. disse...

Ahhh, já sei!:
- Isso não é amiga, é um PRESENTE DE NATAL!!!!!

CARLA ROCHA disse...

E existe coisa melhor do que termos alguém com quem nos identifiquemos e confiemos? Os outros? Os outros são apenas os outros... Beijo grande

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Eu tenho uma amiga Patricia tb, que fez aniversário ontem ,mas depois que ela secasou, parece que se esqueceu de mim, ontem foi níver dela, sempre fazíamos algo juntas, mas nem consegui falar com ela, mandei um Email, pois o cell dela só dava caixa postal, fiquei triste por mandar só um Email, é tão impessoal....queria ter uma amizade assim...