sábado, 6 de março de 2010

Não gosto de viajar!


Pronto confessei!!! Gosto tanto do meu apartamento, do meu cantinho! Gosto de sair, mas na hora de dormir, adoro minha cama... E não digam que estou ficando velha, tá! Porque sempre fui assim! Fiz poucas viagens na minha vida... Acho uma chatice ficar arrumando mala, pensando no que não posso esquecer, vendo passagem, hospedagem! Uiiii, chega me dá um embrulho no estômago de tanto que não gosto! Lembro de uma vez que levei tanta bagagem que não conseguia arrastar a mala de tão pesada... Pra voltar aquilo foi um inferno total, acabei deixando roupas no hotel pra que pudesse carregar a mala.

Canso de ler em blogs que a pessoa está quase tendo um orgasmo nas viagens, conta como foi a ida, a volta, de como curtiu tudo! Jesus! Porque eu sou tooooda errada e sempre penso ao contrário????! rsrs... Eu não vejo a menor graça nisso! Queria poder conhecer os lugares e voltar pra dormir na minha casa... ahaha... Impossível, eu sei... rs

Agora tendo que ver passagem, hospedagem, pra uma viagem que não é de passeio. Estou completamente estressada... Ando com um humor ótimo, porque quando fico apreensiva com algo, me torno uma barraqueira de primeira... Tudo que eu tinha paciência com todos, fica por um fio e bato boca legal... Só essa semana já foram dois barracos! E cuidado comigo porque eu sou capaz de enfiar a mão em um! Vou colocar uma plaquinha de "mantenha distância"... rs

Mas existe duas viagens que eu faria com maior prazer e ainda farei, mesmo não gostando do processo todo de viajar. Uma é pra Paris, outra é pra Grécia, mas evidentemente quero conhecer o que der da Europa... Essa é a viagem que faria com prazer passando por cima dos meus tédio de viagem...

14 comentários:

Sylvio de Alencar. disse...

Êta situação, viu!

Laly Ribeiro disse...

Em todas as viagens há sempre coisas chatas!!! Esse processo de arrumar mala e tudo mais é chato e me dá preguiça mas o viajar é muito bom, principalmete a dois!! vc escolheu mt bem, 2 lugares maravilhosos!!!
Aproveite os preparativos, não estresse, essa viagame pode mudar sua vida completamente, ou melhor vai mudar não é?!
bjs

Lidia Muradás disse...

Jesus, Até que enfim, alguém me entende. Desculpe, mas, tive que publicar este tema em meu blog tb. Na verdade, eu fico sempre entre as 2 opções, é bom ir, mas, é péssimo os preparativos..E, a CAMA... Isso é o que me faz perder o tesão...e o travesseiro então? e desfazer mala? Jesus.Achei que eu era louca, pode até ser, mas, nada melhor que meu cantinho, concordo em cada palavra aqui escrita e, lhe digo mais, Paris é Linda, já fui 3 vezes mas, estar em casa, curtindo um bom filme que se passe em Paris, é melhor ainda.bjs.

Patrícia Andréa disse...

Engraçado... Eu tb odeio viajar... Mas tem vezes em q eu até gosto qdo chego no lugar... E depois, qdo volto pra casa... rs

Bjus!

lpzinho disse...

Oieee Damaaa!
Pois é, e logo vem ai uma viagem pra vc e ela será boa, será feliz e na volta vc haverá de contar um pouco(ou muito) sobre ela e os bons momentos!!! =)
Então... foi mto engraçado agora, eu estava lendo um pouco, um livro sobre Emmanuel e decidi ligar o note, qdo entro lá no blog vejo seu comentário eheheh eu na hora nem me lembrei sobre o que era meu post ou assunto, dada a conexão imediata entre as suas palavras e o que eu estava lendo! \o/
=] E puxa, eu sou igualzinho a Vc neste aspecto. E mesmo qdo viajo, crio coragem e me afasto do meu canto, não sou de ficar contando, exultando ou vibrando pelo local visitado... acho q somos dois seres estranhos a este mundo ahhaha
Te amo querida e espero de td o coração que Deus derrame sempre incontáveis bençãos na tua vida, guiando e iluminando a sua caminhada com amor, paz e equilibrio sem falar na saúde!!! ^__^ Beijos meus

Mulher Vã disse...

Ó!

Eu até gosto de estar em outros lugares e tal, mas vou dizer algo que me deixa irritada, mais do que carregar mala pesada! É estar a viagem literal, não importa o meio de locomoção se carro, ônibus, trem ou avião. Detesto estar dentro de alguma coisa durante horas para chegar em algum lugar! Pior ainda se estiver sentada ao lado dum desconhecido e ele ficar de papo furado comigo, não consigo evitar meu humor fica azedo. Há quem adore ficar olhando paisagens, fotografando..blabla mas comigo não rola, fico quietinha tentando controlar o mau humor! Interessante que, assim que desembarco melhoro! Mas tão bom se existisse algo como fechar os olhos e aparecer em outro lugar...
Acho que o meu e o seu problema resolve quando criarem o teletransporte né? Ahn isso me fez lembrar dum filme antigo em que dois rapazes viajavam numa cabine telefonica, ta certo que era viagem no tempo!
Bom, um lugar que eu conheceria com todo o prazer do mundo é Barcelona, principalmente sua parte antigaça!!

Ihn to prolixa hoje!!!!!


Beijo Dama!

=)


Mulher Vã disse...

Voltei pra dizer que minha irmã leu meu post e disse que eu esqueci de dizer que não gosto de viajar porque tambem não tenho sossego pra nada!!!! Cá pra nós, ficar com a bunda quadrada mesmo no mais requintado assento não é pra mim! Vã é movimento, é, ela ta certa, até lembrou das vezes que deixei de viajar só porque o local era distante e eu teria de ficar muito tempo na estrada!

Que Ó!

::::Nando:::: disse...

naum gosto se viajar de onibus, passo mal.. e ainda tem toda aquela coisa que quem tem toc sabe bem o que é, fico a viagem inteira sem encostar minha cabeça e com um jornal dobrado no assento que sempe fica por la mesmo nao pego nele depois...(sabe se la quantos coliformes fecais tem la). depois que ja estou acomodado no destino da viajem ja me sinto muuuuito melhor... *sobre a cama, eu amo minha cama, e nunca ireir dormir bem em outra que nao seja a minha rsrsrsrsrs talvez seja normal isso... abraços do :::FER:::

Mallika disse...

Entendo seu drama. Mas, ó, cada viagem traz uma experiência única. Relaxa e tenta viver como se fossem seus últimos 15 minutos de fama.
Boa sorte e feliz dia da mulher.

Haline disse...

jura?? eu adoooooro viajar! bjobjo

Robson Schneider disse...

Definitivamente me assusto quando te leio. "Se eu pudesse viajar e voltar pra dormir em casa" e os dois lugares "Paris e Grecia", penso exatamente assim.Sei que muita gente quando leesse tipo de coentário meu pode pensar assim " fazendo média com a dona do blog..." mas eu e vc sabemos de nossas semelhanças. Sabe em relação a Paris eu sinto nostalgia de ficar triste quando vejo filmes,fotos e musicas francesas.Não creio em reencarnação mas a sensação é quase essa hahahahaha
Bjo querida

blz? disse...

precisava encontrar alguém que também pensava assim. minha esposa estava brigando comigo porque nunca me viu planejar uma viagem a França e que ela não confia em mim para viagens e me disse q sou acomodado em relação a viagens, novidades, investimentos, festas..

Amanda Vellardi disse...

Eu pensei que só fosse eu que nao gostasse de viajar! Gosto de estar no meu canto, na minha casinha, é tudo de bom! Prefiro um milhão de vezes do que conhecer qualquer parte desse mundo! Vai entender né?

volkana1977 disse...

Eu ODEIO viajar. AMO ficar no conforto da minha casa, fazendo o que eu gosto de fazer, vendo TV, cozinhando comidas gostosas, conversando e rindo com as pessoas que amo, curtindo minhas cachorrinhas, que são a melhor companhia do mundo.
Já viajei muito, e sinceramente não vejo graça nenhuma em conhecer lugares. Fui para EUA, França, Japão, sempre a trabalho, mas poderia passear por lá e não tinha o mínimo interesse. Quando saia para conhecer lugares, era sempre na marra, ia por obrigação porque alguém tinha convidado. Não via a hora de voltar pro hotel, e mais ainda para o Brasil, para a minha casa.
Sempre fui assim, desde criança. Não é medo do desconhecido. É simplesmente não ver graça nenhuma mesmo. Para mim, a emoção de ver lugares através do google street view é a mesma que estar pessoalmente naquele lugar. Aliás, o google street view é bem mais legal. Também odeio aviões, não por medo, mas pelo desconforto mesmo. Crianças chorando, bancos apertados, bunda quadrada, conexões em aeroportos. Horrível. Não sinto a mínima inveja dos que vivem viajando, até incentivo a irem, pois cada um deve ser feliz à sua maneira. Mas as pessoas tem que aprender a respeitar as diferenças.